O dano ambiental difuso ou coletivo derivado da grilagem de terra e outras viciissitudes sofrias pela reserva extrativista Jaci-Paraná

Português

Autores

  • Ivo Scherer Ministério Público de Rondônia

Palavras-chave:

grilagem de terra e desmatamento, Floresta Amazônica, Reserva Extrativista Jaci-Paraná, responsabilidade civil, dano moral ambiental difuso ou coletivo, reconhecimento, TJRO, STJ, land grabbing and deforestation, Amazon Rainforest, Jaci-Paraná Extractive Reserve, civil liability, diffuse or collective environmental damage

Resumo

O artigo começa tratando da recalcitrância do Tribunal de Justiça de Rondônia em reconhecer o dano moral ambiental difuso ou coletivo derivado de grilagem de terra e desmatamento da Floresta Amazônica no interior da Reserva Extrativista Jaci-Paraná. Na sequência, examina como o tema da responsabilidade civil ambiental evoluiu na doutrina e na jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça e, ao cabo, narra ainda outras vicissitudes experimentadas pela mencionada unidade de conservação, como a desafetação da maior parte da sua área pela Lei Complementar estadual n. 1089, de 20.05.2021.

Íntegra do Artigo

Publicado

11/26/2021

Como Citar

SCHERER, I. O dano ambiental difuso ou coletivo derivado da grilagem de terra e outras viciissitudes sofrias pela reserva extrativista Jaci-Paraná: Português. Revista da Emeron, Porto Velho/RO - Brasil, n. 29, 2021. Disponível em: https://periodicos.emeron.edu.br/index.php/emeron/article/view/132. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Resumos - AMBRO

Categorias